Seja uma editoraEscreva para o Cabelos Famosos

Calvície masculina – Como você deve tratar

  • SumoMe

> Em muitos casos o implante de cabelo é recomendável.

O stress, a má alimentação, a ingestão de esteroides, doenças como lúpus ou diabetes também contribuem com a queda do cabelo.

Quais são os sinais de calvície?

A calvície mais comum é a padrão que é genética, herdada do lado masculino da família, uma reação química entre as hormonas e também por má circulação sanguínea no couro cabeludo. Pois isso é causado pela falta de nutrientes que são essenciais para a saúde capilar.

A calvície masculina pode aparecer logo depois da puberdade, porém sua evidência é após os 25 ou 30 anos. Atualmente existem tratamentos para a calvície e prevenção. Os homens hoje estão mais atentos para os cuidados com sua saúde em relação há alguns anos. A vaidade despertou e a busca por soluções cresce todos os dias.

O stress tem sido uma das causas que altera ou desencadeia qualquer doença. E o cabelo é o primeiro a dar sinal, a queda.

Fazer uma dieta saudável não somente na alimentação, mas em atividades com lazer e esporte traz grandes benefícios para sua saúde. Ferro, vitaminas E, complexo B, zinco e cobre tem grande importância.

Existem outros problemas em relação á queda de cabelos como alopecia areata ou pelada, que são áreas ovaladas sem cabelo surgindo em áreas do couro cabeludo, barba, sobrancelhas e até mesmo em outras partes do pelo do corpo. Ou seja, pode ser também por problema hormonal. Normalmente desencadeada pelo stress. No caso da calvície ser definitiva a melhor solução é o implante capilar. É feita uma retirada de faixa de cabelo na parte de trás. Separados e implantados fio a fio na parte calva. Aproximadamente são implantados 3.500 fios lado a lado.

Como prevenir a calvície

Existem muitas coisas que poderá fazer para prevenir ou evitar o aparecimento da calvície exemplo evitar o uso de secadores de cabelo em excesso, não colorir o cabelo por mais que 6 a 8 semanas. Alimentação saudável com cálcio e tentar evitar o stress. Seguindo parte destas sugestões, você poderá ter mais sucesso em prevenir a calvície.

Existem vários tratamentos hoje disponíveis no mercado, porém é importante seguir conselhos de um dermatologista que examinará os fios e couro cabeludo passando um diagnóstico preciso. Poderá ter indicação que vão desde shampoos especiais, gel natural, implante, sprays e medicamentos.

Vamos citar alguns tratamentos e casos para você ter uma ideia de tipos de tratamentos.

  • Corticoides; Utilizados em alopecia areata ou circunscritos na forma de injeções locais, com bom resultado.
  • Vasodilatadores – Jaborandi ou Pilocarpina ou capsicium, substâncias vasodilatadoras que estimulam a circulação sangüínea do couro cabeludo, usadas em shampoo.
  • Pill Food – composto de proteínas, minerais e vitaminas que entram na formação do cabelo. Cabe aqui referir suplementos alimentares com esta função.
  • Mesoterapia e carboxiterapia – é a infiltração intradérmica no couro cabeludo de drogas, algumas citadas aqui, com o intuito de aumentar a ação das mesmas.
  • Crioterapia e carboxiterapia – Utilizada em alopecias com intuito de causar um processo inflamatório para aumentar a vascularização local.

 

Escreve seu comentário usando o Facebook

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *