Seja uma editoraEscreva para o Cabelos Famosos

Cabelos oleosos podem deixar de ser um problema

  • SumoMe

Você é daquelas que mal lava o cabelo e já o sente pesado, sujo, com aquele brilho seboso indesejável? Infelizmente, esses são “sintomas” de que os seus cabelos produzem oleosidade em excesso, o que pode ser um grande problema.

O pior é que todas as estruturas de fio estão sujeitas a isso, não tem pra onde correr: cabelos cacheados geralmente são mistos: raiz oleosa, comprimento seco; cabelos lisos “escorridos” não apresentam resistência à descida do óleo e ficam ensebados e por aí vai…

Independente dos seus cabelos serem oleosos ou mistos, essas dicas vão lhe ajudar a ter uma relação melhor com ele:

cabelos-oleosos-como-evitar

O que causa a oleosidade excessiva no couro cabeludo?

Diversos fatores. O couro cabeludo possui glândulas sebáceas que produzem gordura que forma uma camada em torno dos fios, protegendo-os. O problema é quando essas glândulas começam a trabalhar demais. Algumas causas para isso:

  • Estresse prolongado e cistos nos ovários: o desequilíbrio hormonal causado pelo estresse e ovários policísticos pode fazer com que as glândulas sebáceas “enlouqueçam”, produzindo mais sebo do que o normal;
  • Lavagem mal executada: para o couro cabeludo ficar realmente limpo, é necessário aplicar o produto, massagear bem e deixa-lo agir pelo tempo indicado na embalagem. Não adianta só dar uma passadinha e já retirar, pois isso pode deixa-los cheirosos, mas não limpos;
  • Uso de produtos inadequados: nada de comprar shampoo pelo cheirinho ou o preço, hein? Analise o rótulo, teste diferentes produtos e descubra o que é melhor para o seu tipo de fio;
  • Exposição à ambientes úmidos: saunas e academias são os campeões. Depois de alguns minutos nesses ambientes, é praticamente impossível não sair com os cabelos brilhosos de tanto sebo, o que é completamente normal;
  • Genética: nesse caso, não tem jeito. A maioria das causas acima pode ser facilmente corrigida, mas com a genética não tem o que fazer. O máximo é consultar um dermatologista que vai lhe indicar o melhor tratamento, se for muito incômodo.

Perguntas comuns em relação à oleosidade dos fios

  1. Passar a mão faz ficar mais ensebado? Sim, uma vez que as mãos ficam suadas com grande facilidade;
  2. Usar produtos que retiram a oleosidade funciona? Por um curto período de tempo, sim. Depois, o efeito rebote é inevitável: ao retirar mais oleosidade do que deveria, o couro cabeludo tenta repor e acaba ficando ainda mais seboso;
  3. É possível modificar o meu tipo de cabelo? Infelizmente, não. A oleosidade é determinada pelas glândulas sebáceas que existem no couro cabeludo e elas não são modificadas com o uso de produto algum. O que você pode fazer é “enganar” essas glândulas, de forma que produzam menos sebo.

coque-messy

Hábitos que ajudam a melhorar o aspecto dos cabelos oleosos

  • Não passar as mãos no cabelo: não estou dizendo que suas mãos estão sujas quando você faz isso, nada disso! O que acontece é que há uma grande concentração de glândulas sudoríparas nessa região, o que faz com que as mãos tenham naturalmente uma camada mais úmida. Passá-las no cabelo vai aumentar o problema dos cabelos oleosos;
  • Intercalar dois tipos de shampoo: não utilize o shampoo para cabelos oleosos em todas as lavagens, por causa do motivo que já foi respondido nas perguntas frequentes: retirar a oleosidade acima do “limite permitido” causará um efeito rebote. Intercale com um shampoo hidratante;
  • Testar diferentes produtos: não é porque seu cabelo é misto e aquele determinado produto é para cabelos mistos que vai se adaptar ao seu fio! Testar por certo período de tempo é importante para ver como (e se) os cabelos se adaptam;
  • Cuidados ao utilizar chapinha e secador: não fique passando-os várias vezes na mesma mecha. Faça um movimento mais lento e procure concluir o trabalho com menos passadas possíveis. Ah, e nada de chegar muito perto da raiz com esses aparatos! O calor vai fazer com que a oleosidade aumente. Mantenha uma distância de 15 cm com o secador e evite usar a chapinha;

cabelos-longos-saudáveis

Controle a oleosidade capilar com a técnica Low Poo!

Técnica que tem sido cada vez mais utilizada, principalmente entre as cacheadas e crespas, ajuda muito no controle de oleosidade. Isso acontece porque os produtos utilizados são menos agressivos, fazendo com que não aconteça o temido efeito rebote. Entenda:

Quando um shampoo muito agressivo é utilizado, ele retira mais oleosidade do que deveria, já que os cabelos precisam ter um pouco. Assim, o couro cabeludo começa a produzir mais, de forma a compensar aquela camada que foi retirada. Quando a técnica Low Poo é bem empregada e shampoos menos agressivos são utilizados, a oleosidade natural é mantida e então há um equilíbrio. Resultado: nada de cabelos extremamente oleosos!

E você aí, que tem problema com cabelos oleosos!? Vai já aplicar tudo o que aprendeu hoje e pare de se estressar com as madeixas! Não deixe de comentar quais foram as melhores dicas que você leu:

Escreve seu comentário usando o Facebook

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *